Declaração contra mão de obra escrava

​Todos os funcionários da Christie são contratações espontâneas. Não há mão de obra escrava ou tráfico de pessoas dentro de nenhuma das empresas Christie. Além disso, a Christie adotou um código de conduta que estabelece aos fornecedores da Christie padrões dentro de suas organizações e cadeias em favor do trabalho livre e contra o tráfico humano, uso de trabalho forçado ou involuntário de qualquer natureza (Ex. forçado, escravo, ilegal ou prisional involuntário).

John M. Kline - CEO e Diretor 

John M. Kline
CEO e Diretor

​​​